Um adolescente de 14 anos admitiu à Polícia Civil (PC) ter matado utilizando um canivete Danielly Batista da Silva, 13 anos, no município de Nova Mutum – MT (452 Km de Rondonópolis). O crime aconteceu no dia 12 do mês corrente. O corpo da menina foi encontrado em um lago da cidade no dia 15 deste mês. O garoto foi encontrado na noite desta terça-feira (28) em sua casa.

Conforme os investigadores que trabalham no caso, o garoto disse que estava com raiva da vítima. Ele alega que Danielly foi o motivo do rompimento de um relacionamento dele com outra garota.

No depoimento dado à polícia, o menor afirmou ter chamado a adolescente até uma região de mata, próximo a um lago do município. Lá, ele afirmou ter golpeado a vítima no pescoço com um canivete. Após o golpe, na tentativa de fugir do agressor, a jovem acabou caindo na água.

Leia também:  Motorista é mantido em cárcere privado durante roubo e carreta é recuperada

Mas, de acordo com investigadores, o caso ainda tem algumas contradições que devem levar a outros caminhos de investigação.

A mãe da vítima afirma que a morte foi completamente inesperada e que a filha era amiga da irmã do suspeito, onde os três sempre estavam juntos na frente de sua casa e iam para a escola e saíam juntos.

O menor de idade responderá por ato infracional de homicídio. Ele está detido na delegacia de Nova Mutum, e deve ser realocado para algum espaço de socioeducativo do estado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.