Foto Rogério Florentino Pereira
Foto: Rogério Florentino Pereira

Com uma tecnologia exclusiva, capaz de criar lagoas de tamanhos imensuráveis em qualquer lugar do mundo, a Crystal Lagoons foi escolhida para ser objeto de estudo de duas das maiores escolas de negócios dos Estados Unidos, a Babson College e o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).

A tecnologia será levada para as salas de aula e fará parte de programas de inovação e negócios das instituições acadêmicas. O ponto de destaque da Crystal Lagoons se dá pelo fato dela ser capaz de construir e manter lagoas de grandes proporções, a baixo custo. Um exemplo de sucesso no mundo dos negócios e para o mercado imobiliário mundial.

Criada e patenteada pela empresa, ela é capaz de utilizar cem vezes menos produtos químicos que os sistemas de piscinas convencionais.

Leia também:  Governo divulga cronograma de pagamento do segundo semestre

A Crystal Lagoons foi premiada em diversos países e está no Guiness Book, apresentando a lagoa situada no San Alfonso Del Mar Resort, no Chile, como a maior do mundo; além de ter sido destaque em um documentário sobre águas e sustentabilidade, no canal National Geographic, e no programa Fantástico, exibido pela Rede Globo.

No Brasil, ela está presente na cidade de Cuiabá (MT), por meio de um condomínio residencial, incorporado pela empresa binacional BC Genera.

“Quando decidimos iniciar nossa operação imobiliária no Brasil, escolhendo a capital mato-grossense como a primeira cidade a receber um empreendimento residencial com uma lagoa cristalina desenvolvida pela Crystal Lagoons, sabíamos que estávamos trazendo uma grande e revolucionária novidade tecnológica ao país”, afirma Heitor Ribeiro Teixeira, diretor da BC Genera Brasil.

Leia também:  Estão abertas as inscrições para o curso pré-vestibular gratuito na Secitec

Ainda, de acordo com Heitor, “a recente notícia que a Crystal Lagoons será estudada por duas instituições acadêmicas de renome dos EUA confirma o acerto em levar ao residencial uma tecnologia altamente sustentável e econômica, que será desfrutada exclusivamente pelos moradores”.

O empreendimento possui uma lagoa com águas cristalinas de 20mil m² de lâmina d’água. O enchimento da lagoa ocorre uma única vez e, por se tratar de um sistema fechado, sem perda de água por circulação, consome somente 2% da energia utilizada pelos sistemas tradicionais de filtragem.

Outras grandes empresas, conhecidas mundialmente, também já se tornaram estudo de caso pela Babson College e MIT, como a Apple, Coca-Cola e Walmart.

Leia também:  Policiais passam por capacitação para aprimorar técnicas de atuação na região de fronteira
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.