Após criticar bastante a brasileira Bethe Correia nas últimas semanas, sua adversária no UFC Rio 7 (UFC 190), a americana Ronda Rousey, surpreendeu na quinta-feira ao declarar seu respeito pelas habilidades da rival, durante entrevista coletiva à imprensa internacional. A atual campeã dos pesos-galos femininos do Ultimate enumerou as qualidades de “Pitbull” dentro do octógono e disse que está ansiosa pelo novo desafio apresentado por ela.

– Eu realmente respeito que ela vai para a luta. Não é uma lutadora de vencer por pontos, ela sempre tenta finalizar a luta, põe tudo em jogo, não é uma lutadora cautelosa. Sempre respeito isso. Também (respeito) que ela sempre só fez MMA, não vem de uma disciplina específica, não vai apelar para uma delas quando em perigo. É algo em que posso contar contra outras garotas, que, quando estão num lugar desconfortável, imediatamente vão reverter aos seus “lugares seguros”. Bethe não tem isso, todos os lugares são seguros para ela, porque ela é uma lutadora de MMA. Ela representa o próximo estágio da evolução do esporte, em que você só treinará MMA na sua carreira toda. Estou ansiosa para me testar contra esse estilo.

Leia também:  MT fatura ouro e prata na luta olímpica dos Jogos Escolares

As críticas de Ronda a Bethe nas últimas semanas foram mais motivadas pelas provocações da brasileira, que, segundo a americana, passaram dos limites do bom senso. Ela esclareceu nesta quinta que não “odeia” a paraibana, apenas não gosta dela. Isso não significa que ela vai cumprimentá-la ao final do combate de sábado. Ela lembrou de sua recusa em cumprimentar Miesha Tate após a revanche entre elas, em dezembro de 2013.

– Não me arrependo, fico feliz porque agora todos sabem que quando eu faço algo, é genuíno. Quando eu abracei e beijei Cat Zingano após nossa luta, não foi porque estava tentando fazer cena e parecer legal, enquanto sei que tudo que Miesha faz é em consideração ao que as outras pessoas fazem, enquanto eu faço tudo sem me importar para o que os outros fazem. Aquela ação, de não apertar a mão apesar de saber que todos odiariam, faz as pessoas verem o quão sou honesta toda hora. Ela desrespeitou pessoas com as quais me importo, não vou apertar sua mão. Ela nunca pediu desculpas, nunca tentou se desculpar, por que eu teria de cumprimentá-la? Para mostrar o quão boa ela é como lutadora? Ela fez um grande trabalho, mas meu cumprimento significa algo.

Leia também:  Antigo Luthero vira cult e ganha lembrança especial do torcedor

A campeã ainda afirmou que não pode menosprezar a desafiante, apesar de seu enorme favoritismo contra Pitbull.

– Qualquer coisa pode acontecer, e lembro, acho que foi numa competição em 2005, que eu era a campeã mundial júnior, tinha vencido no ano anterior, e era a favorita. Entrei e nem estava prestando atenção. Aí tinha essa menina, Isabelle Pearson, que eu derrotei várias vezes, e pensei, “Grande coisa, vou ganhar dela de novo”. Minha mente estava em outro lugar. Lembro que eu tinha que ir ao banheiro, mas pensei, “Deixa, vou ganhar rápido e vou para o banheiro depois”. Aí entrei e fui derrubada logo de primeira. Essa foi minha lição. Eu aprendi minhas lições antes de vir para cá. Não tive só facilidade, já tive esses dias. Não dá para levar ninguém na brincadeira. Foi uma verdadeira lição e nunca mais vou deixar de levar alguém a sério. Eu tenho essa experiência, e essas garotas não têm. Não importa mais cada uma dessas garotas, agora o importante é o legado como um todo, e sou uma zebra para conquistar isso. Se você olhar as peças, uma a uma, eu sou a favorita em cada uma delas, mas quando junta tudo isso, não sou. Então foco no objetivo inteiro, e nele eu sou sempre a zebra.

Leia também:  Derrota diante do Dom Bosco gerou prejuízo financeiro ao União

O Combate transmite o evento ao vivo, no sábado, a partir de 19h30 (horário de Brasília), e o Combate.com acompanha em Tempo Real no mesmo horário, com vídeo ao vivo das duas primeiras lutas do card preliminar. Na sexta-feira, site e canal exibem a pesagem oficial ao vivo às 17h30. Os telespectadores podem interagir com a transmissão no Twitter através da hashtag #UFCRionoCombate. Confira o card completo:

UFC 190
1 de agosto, no Rio de Janeiro
CARD PRINCIPAL – a partir de 23h (horário de Brasília)
Peso-galo: Ronda Rousey x Bethe Correia
Peso-meio-pesado: Mauricio Shogun x Rogério Minotouro
Final do TUF Brasil 4 peso-leve: Fernando Açougueiro x Glaico França
Final do TUF Brasil 4 peso-galo: Dileno Lopes x Reginaldo Vieira
Peso-pesado: Stefan Struve x Rodrigo Minotauro
Peso-pesado: Antônio Pezão x Soa Palelei
Peso-palha: Cláudia Gadelha x Jessica Aguilar
CARD PRELIMINAR – a partir de 20h (horário de Brasília)
Peso-meio-médio: Demian Maia x Neil Magny
Peso-meio-pesado: Rafael Feijão x Patrick Cummins
Peso-meio-médio: Warlley Alves x Nordine Taleb
Peso-galo: Iuri Marajó x Leandro Issa
Peso-médio: Vitor Miranda x Clint Hester
Peso-galo: Hugo Wolverine x Guido Cannetti

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.