Com o fim do primeiro turno da Série B do Brasileiro, o Luverdense apresenta alguns números preocupantes e também pontos positivos durante essas 19 rodadas. O time, que se encontra na zona de rebaixamento com 21 pontos, na 17ª posição, tem o terceiro pior ataque e marcou praticamente um terço dos gols de chutes de fora da área.


O time tem a sexta melhor defesa, empatado com o Paraná e Atlético-GO, que sofreram 19 gols, e 10 deles aconteceram de jogadas iniciadas pelo lado esquerdo da defesa. Mesmo com as constantes mudanças no lado direito, que o técnico Júnior Rocha precisou fazer, o Verdão do Norte sofreu apenas quatro gols que se iniciaram por aquele lado.

Leia também:  Luve vence em casa e fica fora do Z-4

No ataque, o lado direito também é o mais eficiente, pois metade dos gols marcados pelo LEC começaram por lá. Outro dado interessante do ataque é que seis gols dos 16 do time na competição, foram anotados através de chutes de fora da área.
Atacante Alipio do Luverdense (Foto: Edivaldo Rios/Luverdense Esporte Clube)
Alípio lidera número de assistências do Verdão do Norte (Foto: Edivaldo Rios/Luverdense Esporte Clube)

A assistência, último passe antes do gol, facilita a vida dos goleadores. E quem lidera a lista dos maiores assistentes do Luverdense são o Rafael Tavares e Alípio, que tem dois passes para gol na Série B.
Ciro, Osman, Diego Rosa e Tozin têm três gols cada e lideram a artilharia do Verdão do Norte. Muralha, Luiz Eduardo, Paulinho e Ricardo com um gol cada completam a lista dos gols marcados pelo Luverdense.
Verdão do Norte abre o returno da Série B no próximo sábado diante do Náutico, às 15h30 (de MT), no Estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde.

Leia também:  União tem estreia contra o Dom Bosco confirmada
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.