Foto: assessoria
Foto: assessoria

A Prefeitura de Cáceres acabou de adquirir com recursos próprios uma usina de asfalto. O equipamento foi comprado, através de licitação na J. Colombo. Uma usina de asfalto é um conjunto de equipamentos mecânicos e eletrônicos interconectados de forma a produzir misturas asfálticas. Variam em capacidade de produção e princípios de proporcionalidade dos componentes, podendo ser estacionária ou móvel. A de Cáceres é móvel montada sobre chassi de caminhão, dotada de esteira transportadora tipo helicoide (rosca sem fim), misturador constituído por eixo com braços e palhetas reguláveis, substituíveis. Sistema de transmissão mecânico ou hidráulico. Processa todos os tipos de mistura asfáltica fria, concreto e solos. Ela também funciona como processadora e aplicadora de lama asfáltica.

Segundo o Prefeito Francis Maris, os equipamentos já foram entregues ao município e estão sendo instalados para em breve começar a produção de asfalto. “Com a usina daremos uma atenção especial na manutenção das ruas de asfalto que, por falta de um reparo ideal, sempre apresentam buracos, principalmente causados pelas chuvas, excesso de peso, má qualidade da pavimentação e falta de manutenção. Não teremos mais do que reclamar”, prevê. Só que o prefeito dá um recado para àqueles que não pagam seu IPTU. “Vamos priorizar os serviços nos locais que mais pagam o imposto, portanto se todos quitarem com suas obrigações toda cidade será contemplada”, discorre.

Leia também:  Seplan divulga boletim sobre cenário econômico de Mato Grosso

Um antigo sonho do Prefeito, a usina de asfalto foi adquirida com recursos do município e representa o empenho de Francis em modernizar a estrutura de maquinários e equipamentos da Secretaria de Obras. Francis Maris, sempre defendeu a ideia de que com os equipamento sucateados que a prefeitura dispunha não ia a lugar nenhum. “Este equipamento nas mãos dos técnicos da Prefeitura, vai agilizar a realização de obras, além de proporcionar significativa redução dos custos nas pavimentações.

“A nossa usina está quase pronta para entrar em funcionamento, e começar a produzir asfaltos que levarão qualidade de vida aos moradores da nossa cidade. “É um sonho que estamos realizando”, comemora Francis Maris. O Secretario de Obras, Walter Zakarkin, explica que a usina tem capacidade de atender plenamente a necessidade de produção com a vantagem de reduzir em muito os custos das obras.

Leia também:  Ex-deputado de MT é condenado a mais de 18 anos de cadeia por desvio de dinheiro

O prefeito lembrou ainda da retroescavadeira e escavadeira adquiridas também com recursos próprios, que sem dúvida, serão essenciais para os serviços de encascalhamentos e recuperação de ruas e estradas.

A cada dia a frota da prefeitura se renova. Com recursos do Fethab foram comprados 10 caminhões novos e máquinas patrol, que atenderão exclusivamente a zona rural.

Francis Maris finaliza observando que os novos veículos vão contribuir para a ampliação e melhoria dos serviços prestados pela Secretaria de Obras à população, além de diminuir os gastos do poder público com maquinário terceirizado. “Com a frota renovada temos menos despesas de manutenção e oficina e também tornamos eficientes as frentes de trabalho em toda a cidade”, destaca Francis.

Leia também:  Municípios têm até dia 31 para providenciar documentação exigida pela Receita Federal

Informações Técnicas
Bomba de emulsão: de 2″;
Encanamento quadrado: 50×50 mm, com válvulas flangeadas;
Sistema de transmissão: mecânico ou hidráulico.
Capacidade PMF: até 60 toneladas / hora
Capacidade Lama Asfáltica: 1.800 m² / hora
Chassi: Caminhão de 3 eixos
Dispositivo de alivio e segurança, escada e plataforma de acesso ao silo.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.