Foto: assessoria
Foto: assessoria

Dezenas de líderes políticas e comunitárias de vários municípios do estado assinaram na manhã deste sábado (26.09) o ato de filiação ao Partido Socialista Brasileiro (PSB-MT). Entre os novos correligionários, filiaram-se 10 prefeitos, elevando para 11 o número de chefes de executivos municipais – um crescimento de 1000%.

A sigla contava apenas com o prefeito da Capital, Mauro Mendes. Além dos prefeitos, também aderiram ao partido vice-prefeitos, ex-vereadores, presidentes de diretórios municipais e o ex-deputado estadual Antônio Azambuja.

Presidente de honra do partido, o prefeito de Cuiabá Mauro Mendes saldou os novos filiados e destacou o fortalecimento com a adesão de 10 prefeitos e cinco vice-prefeitos para a eleição de 2016.

“Estamos construindo um novo capítulo na história de Mato Grosso, e temos um compromisso em melhorar a qualidade de vida da população, por isso, firmamos um acordo de que sempre ouviremos os nossos companheiros para atuarmos em sintonia. O PSB é um partido que toma decisões em conjunto. Para nós, compromisso feito é compromisso honrado”, disse Mauro Mendes.

Um dos filiados foi o prefeito de Campo Verde, Fábio Schroeter, que ressaltou a escolha da sigla levando em consideração a composição dos seus membros. “Acreditamos que o PSB é a melhor opção pelas pessoas que compõem o partido. Vemos a seriedade do grupo em busca de estruturar e fornecer apoio aos seus membros. Estamos trabalhando pela reeleição e a expectativa é a melhor possível agora ao lado do PSB”, adiantou.

Também filiado, o prefeito de Dom Aquino, Josair Lopes, apontou que o motivo para se filiar ao PSB foi pela atenção especial que o partido dispensa aos municípios. “Temos 657 filiados em nosso município, e realizamos um ato de filiação que foi o maior da nossa história, por isso sabemos que o PSB é a escolha certa”, observou.

Leia também:  Thiago Silva repudia fechamento de UTI Pediátrica e cobra providências do Governo Estadual
Foto: assessoria
O senador José Medeiros prestigiou o evento – Foto: assessoria

O presidente estadual do PSB, deputado federal Fabio Garcia comemorou o crescimento do partido e argumentou que os municípios estarão respaldados pela atuação na Câmara Federal, tendo em vista que é a maior bancada do Estado, com dois representantes.

“Temos dois deputados federais, três estaduais, e somos da base do governador, com cargos de secretariado na administração estadual. E isso é importante porque estaremos sempre de portas abertas para atender às reivindicações dos municípios e representá-los no âmbito estadual e federal”, concluiu.

O deputado Adilton Sachetti, ressaltou que o PSB tem 120 provisórias prontas no estado e 21 em andamento.

“Estaremos presentes em todos os municípios de Mato Grosso! Queremos ter o melhor partido do estado, precisamos de pessoas que tenham coragem de mudar para melhor”.

Segue a lista dos prefeitos filiados ao PSB de Mato Grosso:

Fábio Schroeter – prefeito de Campo Verde
Natural de São José dos Pinhais, no Paraná, Mora em Mato Grosso desde 1981. Empresário do setor supermercadista, casado e pai de dois filhos, Fábio Schroeter foi eleito prefeito de Campo Verde em 2012, pelo PTB.

Josair Lopes – prefeito de Dom Aquino
Natural de Dom Aquino. Contador, casado e pai de uma filha, Josair iniciou a vida pública no ano de 2000, quando foi eleito aos 20 anos, o vereador mais jovem do Estado de Mato Grosso, vindo a ocupar a presidência da Câmara Municipal em 2002. Foi reeleito em 2004 e, em 2005, assumiu novamente a presidência do legislativo municipal e a prefeitura interinamente, por 30 dias. Em 2008, foi eleito prefeito de Dom Aquino pelo PSD, com 80,84% dos votos, o maior percentual do estado e segundo maior do Brasil.

Leia também:  Deputado Rezende busca informações sobre anel viário para Rondonópolis

Enércia Monteiro – prefeita de Jauru
Natural de Araputanga. Casada e mãe de dois filhos, desenvolveu a função de assistente social das prefeituras de Jauru, Figueirópolis e São Domingos. O trabalho em prol das famílias carentes e a contribuição nas ações de cidadania e igualdade garantiram em 2012 a eleição para prefeita de Jauru, pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Marcos de Sá – prefeito de Santa Cruz do Xingu
Natural de Barra do Garças. Casado e pai de uma filha, formou-se em odontologia e serviço social. Foi secretário de Saúde de Santa Cruz do Xingu, em 2005 e 2006, e de Administração, Finanças e Planejamento de Torixoreu, em 2007. Em 2008, foi eleito vereador por Santa Cruz do Xingu e presidente da Câmara Municipal entre 2009-2010. Em 2012, foi eleito prefeito pelo PSB, sigla da qual foi fundador no município. Estava filiado no Pros e agora retorna para o PSB.

Arcilio Jesus da Cruz (Chindo) – prefeito de Acorizal
Natural de Acorizal. Casado e pai de três filhos, a vida pública começou em 1996, quando foi eleito para o primeiro mandato de vereador. O trabalho e transparência de sua atuação lhe garantiram à reeleição em 2000 e 2004. Entre os anos de 2008 e 2012, respondeu pela Secretaria de Finanças do Município. Em 2012, encarou o desafio de ser candidato a prefeito pelo PSD, sendo eleito com mais de 56% dos votos.

Raimundo Manske – prefeito de Juruena
Natural de Trombudo Central, em Santa Catarina. Mudou-se para o município de Juruena, Mato Grosso, em 1983, onde, por 32 anos, trabalhou como administrador de empresas. Casado e pai de três filhas, decidiu entrar para a vida pública em 2012, quando aceitou o convite para ser candidato a vice-prefeito pelo PDT. Raimundo assumiu a prefeitura em maio deste ano, após decisão judicial que determinou o afastamento do prefeito.

Leia também:  Palanque de Taques pode ter Pátio, Percival, Rogério e Sachetti

Odoni Mesquita Coelho – prefeito de Torixoréo
Natural de Rondonópolis. Empresário, entrou na vida pública pelo extinto PPB em 1996 ao se eleger vereador pelo município de Torixoréo, tendo exercido dois mandatos na Câmara Municipal, em que também atuou como presidente. Foi secretário da pasta de Administração do município. Em 2012, foi eleito prefeito de Torixoréo pelo PSD, com a maior votação proporcional deste colégio eleitoral, com 1.805 votos.

Magali Amorim – prefeita de General Carneiro
Natural de Poconé. Em 2001, foi eleita a primeira mulher vereadora no município de General Carneiro e também exerceu o cargo de presidente da Câmara Municipal. Em 2009, disputou a eleição à Prefeitura do município e ficou em segundo lugar, assumindo o mandato por 1 ano e 7 meses em virtude da cassação do prefeito eleito, até meados de 2010. Em 2012 disputou a eleição novamente e sagrou-se vencedora, sendo eleita prefeita do município de General Carneiro.

Natanael Casavechia – prefeito de São José do Rio Claro
Natural de Mandaguari, no Paraná. Casado e exerce a profissão de agricultor. Foi eleito prefeito do município de São José do Rio Claro em 2012, pelo Democratas (DEM).

Valdecir Kemer (Gauchinho) – prefeito de Jangada
Natural de Campos Novos, Santa Catarina. É casado. Mais conhecido como Gauchinho, foi eleito prefeito pelo município de Jangada em 2012 pelo PSD, com 51,84% dos votos.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.