Foto: Messias Filho / AGORA MT
O encontro ocorreu na sala de reuniões da Câmara – Foto: Messias Filho / AGORA MT

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) tem realizado em todo o Estado de Mato Grosso atos de filiações para agregar novas lideranças a sigla com o foco já nas eleições municipais do ano que vem. Na noite desta segunda-feira (28), o encontro aconteceu na Câmara Municipal de Rondonópolis, onde ocorreu a filiação de mais seis pessoas, desse número quatro são mulheres.

Teté deu as boas vindas aos novos filiados - Foto: Messias Filho / AGORA MT
Teté deu as boas vindas aos novos filiados – Foto: Messias Filho / AGORA MT

A presidente municipal do PMDB, a ex-deputada Teté Bezerra, participou do ato e deu as boas vindas aos novos filiados. “Vocês escolheram um Partido aberto, onde terão voz e poderão contribuir, desejo boas vindas a todos”, disse Teté.

A ex-deputada afirmou que nos últimos dias o PMDB tem recebido muitas filiações de deputados, prefeitos e vices e que ela vê isso como um impulso para o Partido. “Temos recebido filiações de todos os lados do Estado, são políticos com histórias de lutas e também líderes novos que vão somar a sigla”, afirma.

Leia também:  Zaeli reclama do não sincronismo dos semáforos e da falta de funcionamento da maioria deles

Teté Bezerra reafirmou aos presentes que o PMDB sempre teve candidato a prefeito em Rondonópolis e que eles estão tentando manter a tradição. “Estamos lutando para ter prefeito aqui na cidade, temos discutido muito sobre isso”, conta a ex-deputada.

Se filiaram ontem ao PMDB o advogado e coronel aposentado da Polícia Militar, Odair Moura, a presidente da Associações de Moradores de Bairros (Uramb), Nilza Maria Nunes Sirqueira, o professor de Direito, Joaquim Mattar, a professora Karina de Paula, a advogada Nadia Fernandes Ribeiro e a vendedora Jane Fernubia Silva Lima.

Desse total de filiados, apenas dois já disputaram a um cargo eletivo sendo a advogada Nádia, conhecida como Dr Nadia, em 2012 quanto se candidatou a vereadora por Rondonópolis pelo Partido Social Liberal (PSL) e o professor Joaquim Mattar que já foi candidato a deputado estadual pelo Partido Verde (PV), em São Paulo.

Leia também:  Vereador é condenado pelo TCE a pagar multa por diárias irregulares

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.