A Campanha de Cadastro para Doadores de Medula Óssea que ocorreu no Centro de Especialidades e Apoio Diagnóstico Albert Sabin – Ceadas, na quarta-feira (7) e quinta-feira (8), superou as expectativas e 7.083 pessoas fizeram o cadastro junto ao Hemocentro de Cuiabá. Para o sucesso da campanha foi realizada uma parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde, o Hemocentro e inúmeros colaboradores. Durante os dois dias, cerca de 200 voluntários trabalharam para cadastrar as pessoas.

A secretária Municipal de Saúde, Marildes Ferreira, agradeceu a todos os parceiros e as pessoas que ajudaram, de uma forma ou de outra, para que a campanha fosse realizada. “Muita gente foi solidária. Empresas contribuíram com material. O Exército e a Polícia Militar também ajudaram. Tivemos muitos voluntários como os servidores da própria Secretaria de Saúde, da UFMT e da Unic e demais pessoas. Foi uma união de forças”, destacou.

Leia também:  Falta no trabalho | Veja como pegar a declaração do Inep para fazer a prova do Enem

Segundo Marildes, a campanha teve início depois que um grupo de pessoas procurou a Secretaria Municipal de Saúde, pois havia a vontade de se realizar a campanha. “Negociei com o Hemocentro de Cuiabá e ficamos responsáveis por legalizar a campanha, cuidar de toda logística de transporte de sangue até Cuiabá, disponibilizar a maior parte dos materiais, água, almoço e lanche para os voluntários, além dos servidores que ajudaram em todo o processo”, explicou a secretária.

As pessoas que doaram 5 ml de sangue durante a campanha e fizeram o cadastro para serem doadores de medula óssea agora farão parte do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome) e poderão, quem sabe, salvar uma vida.

“O que esperamos agora é que todo este gesto dos rondonopolitanos possa contribuir para, quem sabe, salvar uma vida em algum canto do Brasil”, concluiu Marildes.

Leia também:  Saúde faz mutirão no Assentamento Chico Mendes para a prevenção de doenças

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.