Foto: Herinea Coleta/ Hospital Geral Universitário
Foto: Herinea Coleta/ Hospital Geral Universitário

A família da dona de casa Agna Rodrigues Siqueira que já era grande cresceu ainda mais com a chegada de uma vez só de Maria Letícia, Maria Eduarda e Maria Vitória, as “três Marias”, como a mãe se refere. As trigêmeas nasceram há uma semana e estão internadas no Hospital Geral Universitário de Cuiabá.

Agna, que já era mãe de oito filhos, recebeu alta na terça-feira (17) e aguarda as filhas deixarem a unidade de saúde para voltar a Querência, a 912 km de Cuiabá, onde mora.

Agora, mãe de 11 filhos, quase um time de futebol, Agna disse que ‘fechou a fábrica’. Logo após o parto, ela foi submetida a uma cirurgia para a ligadura das trompas. No entanto, nenhuma das outras gravidezes foi de gêmeos.

Foto: Herinea Coleta/ Hospital Geral Universitário

Leia também:  Quase mil são presos em flagrante no período de cinco meses

Para ela, a chegada dos novos membros da família foi muito emocionante. “É uma sensação muito boa ser mãe de três. Elas vieram porque Deus me deu mesmo”, afirmou.
O filho mais velho dela já tem 18 anos e lhe deu uma neta, chamada Letícia. O nome de uma das trigêmeas foi escolhido em homenagem à neta de 11 meses. As meninas nasceram de oito meses após uma gestação de repouso, duas delas pesando 1.800 kg e outra 1.900 kg.

A notícia de que esperava trigêmeos foi recebida com grande surpresa. “Durante o exame de ultrassonografia, a médica me falou: ‘atrás de uma coisa tem mais uma. Você está grávida de três’. E eu falei: ‘doutora, a senhora está brincando né?’.

Foto: Nathalia Lorentz/ G1

Me desesperei, chorei muito. Fiquei com medo de não conseguir chegar aos nove meses. Fiquei em repouso”, contou.

Leia também:  Ex-secretária de MT é condenada a indenizar o PT por difamação

Devido eventual risco de os bebês nascerem prematuros, Agna e o marido dela foram para Cuiabá e ficaram em uma casa de apoio. Ainda não há previsão de as trigêmeas receberem alta. Longe das filhas, a dona de casa disse que mal tem conseguido dormir, imaginando que as meninas estão sozinhas no hospital.

Agna está no terceiro casamento e os outros oito filhos são dos dois primeiros casamentos.
Os filhos, sendo o mais novo de dois anos, estão com os respectivos pais em Goiânia e em Alto Boa Vista, a 1.064 km de Cuiabá. Com o marido, que

Foto: Nathalia Lorentz/ G1                                                 trabalha como pintor, sem trabalhar, a família está                                                                                               contando com o recebimento de doações para o                                                                                                  enxoval das trigêmeas.

Leia também:  Sema investe R$ 1,3 milhão em projeto de gerenciamento de recursos hídricos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.