Um homem acusado de abusar da filha da ex-companheira teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, nesta quinta-feira (19), em Nova Olímpia (207 km a Médio-Norte). Mesmo estando separado da mãe da menor, Daniel Modesto da Silva, 45, continuava tentando abordar a menor de 11 anos para praticar novos abusos.

A prisão do suspeito aconteceu após a Polícia Civil de Nova Olímpia ser acionada pelo Conselho Tutelar do município, no dia 6 de novembro. A menor havia contado para professora sobre os abusos, após o agressor ir procurar a garota na porta da escola.

Segundo a vítima, o ex-padrasto passou assediá-la quando começou a morar com a sua mãe no ano de 2014. Mesmo após 3 meses separado da mãe da garota, o suspeito insistia em procurar a garota com o objetivo de praticar novos abusos.

Leia também:  Mãe é suspeita de matar o filho à pauladas em Primavera do Leste

Com a separação a mãe da menor mudou para Alagoas e a menor foi morar com o pai em Nova Olímpia. O suspeito mora no distrito de Deciolândia, em Tangará da Serra, ia até a cidade para assediar a menor, sendo flagrado duas vezes por vizinhos, tentando arrombar a porta da casa do pai da garota, enquanto ela estava sozinha, além de procurá-la na escola.

Com base nas informações, a Polícia Civil representou pelo mandado de prisão do suspeito decretado pela Justiça no dia 16 de novembro. A ordem judicial foi cumprida nesta quinta-feira (19), quando o acusado voltou a cidade para novamente abordar a menor.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.