Na 3ª estimativa da safra 15/16 de soja em Mato Grosso (MT) os números vieram menores. A produtividade de soja recuou para 50,8 sacas por hectare devido as instabilidades climáticas já registradas, e por isso a nova produção aguardada é de 28,03 milhões de toneladas. As informações são do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea).

De acordo com os economistas do instituto, o clima durante o desenvolvimento da nova safra, sobretudo em janeiro e fevereiro, será decisivo para a consolidação dos dados, de forma que continuidades de baixo volume de chuvas podem trazer reflexos ainda maiores.

 “De qualquer modo, mesmo o estado semeando a maior área de soja da sua história, de 9,2 milhões de hectares, percebe-se que o movimento de safra recorde ocorrido desde a safra 09/10 não está sendo aguardado neste momento” conclui os economistas.

Leia também:  AGU recorre da decisão de suspender o aumento dos combustíveis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.