Foto: Colagem/Divulgação/PM
Paulo Roberto usava a identificação com o nome de Wesley Felipe dos Reis – Foto: Colagem/Divulgação/PM

A Polícia Militar (PM) de Alto Taquari divulgou na noite desta quinta-feira (17), que um dos cincos suspeitos presos ontem no município portava documentação falsa. Conforme apurou o Serviço de Inteligência da PM, o suspeito Wesley Felipe Souza dos Reis, 22 anos, é na verdade, o foragido da Justiça, Paulo Roberto dos Santos Amorim.

De acordo com o sub-tenente da PM, Valério, as tatuagens do suspeito eram compatíveis com as informadas pelo Serviço de Inteligência. O indivíduo conhecido por ‘Paulinho Suicida’ tem dois mandados de prisão em aberto, e é considerado de alta periculosidade.

‘Paulinho Suicida’ é acusado de compor uma quadrilha especializada em furto a agências dos Correios. Os cinco suspeitos foram presos ontem (17), pela PM em Alto Taquari. Eles são apontados como autores da ação criminosa na agência em Costa Rica e em Chapadão do Sul. Conforme a PM, os suspeitos confessaram que a agência em Alto Taquari era alvo da quadrilha.

Leia também:  Foragido há 8 anos, homem que matou a filha de 5 meses é preso em Rondonópolis
Veículo usado no furto a agência em Costa Rica - Foto: Divulgação
Veículo usado no furto a agência em Costa Rica – Foto: Divulgação

De acordo com a Polícia, nesta sexta-feira (18), um veículo Pálio, cor branca, usado pela quadrilha no furto a agência dos Correios em Costa Rica (MS) foi encontrado escondido em um canavial próximo a estrada que liga o município ao distrito do Buriti.

Paulo Roberto continua preso em Alto Taquari, ele e os demais suspeitos devem ser encaminhados a penitenciária ‘Mata Grande’, em Rondonópolis.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.