Dezembro não vem sendo um mês muito fácil para Chris Brown. O cantor lançou na última sexta o seu álbum Royalty, mas a previsão de vendas foi bem abaixo do que ele e sua gravadora esperavam. Insatisfeito, ele publicou diversas mensagens em seu Twitter, lamentando por ser um artista que produz sua própria música e não tem um retorno à altura.

CHRIS BROWN - TWITTER

Com a hashtag “compre Royalty”, o cantor escreveu: “Eu trabalho três vezes mais que meus outros companheiros de carreira. Me digam o nome de uma pessoa que escreve suas próprias ideias para clipes, coreografias, músicas…? Eu só quero respeito como um entertainer”, desabafou. Chris ainda deu um recado para o público, agradecendo aos fãs “reais”.

Leia também:  Depois de 25 anos | Caetano Veloso regrava música composta por Roberto e Erasmo Carlos

Previsões Insatisfatórias
Segundo a contagem da gravadora do cantor, a previsão de vendas oficial do “Royalty” é entre 135 e 145 mil cópias em vendas físicas, podendo chegar a 170 mil com streaming. Trata-se de uma previsão baixa para o mercado, já que se trata de um lançamento. Como comparação, essa é a mesma previsão de vendas para esta semana de álbuns como Purpose, de Justin Bieber: detalhe, álbum este que foi lançado no início de novembro.

O 1º lugar da lista dos álbuns mais vendidos continua com Adele – que humilha os oponentes com a bagatela de 1 milhão de cópias que ainda podem ser vendidas. Confira abaixo o mais recente clipe de Chris Brown:

Leia também:  Ventríloqua mirim de 12 anos vence 'America's Got Talent' e ganha US$ 1 milhão
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.