Jovem e a Xuxa - Foto: Assessoria
Jovem e a Xuxa – Foto: Assessoria

A história surpreendente do menino que sonha em construir uma biblioteca para beneficiar a comunidade se encaminha para um final feliz. Por meio do Núcleo de Ações Voluntárias do Governo (NAV-MT), uma doadora quis contribuir com o projeto de vida do estudante de apenas 12 anos, Jefferson Gabriel da Silva Melo. O que ele não sabia é que essa voluntária era ninguém menos do que a Rainha dos Baixinhos, Xuxa Meneghel.

A apresentadora esteve em Várzea Grande, na sexta-feira (04.12), inaugurando um empreendimento no shopping da cidade e fez questão de encontrar Jefferson Gabriel e a pessoa que tornou possível este encontro, a primeira-dama do Estado e voluntária do NAV-MT, Samira Martins.

Na oportunidade, Xuxa entregou um cheque no valor de R$5 mil, que vai auxiliar nas obras da biblioteca comunitária, a qual já tem nome

Leia também:  Justiça Comunitária oferta serviços gratuitos de cidadania neste sábado

: Boaventura Ferreira Gomes, uma singela homenagem do “amigo dos livros” para seu bisavô.

E se a espera foi grande para o coração ansioso do menino, tudo compensou quando Xuxa, durante a coletiva de imprensa, o chamou para perguntar por que Jefferson teve essa ideia. “Um dia eu e meu primo precisávamos fazer uma pesquisa e não conseguimos na escola. E assim surgiu a ideia de fazer uma biblioteca para a minha comunidade”, contou o estudante visivelmente feliz por poder contar sua história.

A curiosidade de Xuxa também foi entender por que nos dias de internet mais democrática e de farto conhecimento Jefferson Gabriel ainda nutre o amor pelos livros. E disse ao estudante: “o livro tem uma coisa lúdica que o computador não dá e é bom você não deixar que isso morra”.

Acompanhando a história de Jefferson há algum tempo, a primeira-dama Samira Martins ficou feliz pela conquista do menino. “Estamos tentando sonhar o sonho de Jefferson junto com ele, porque a intenção é ter um espaço maior para ele poder receber a comunidade, que fica localizada no Distrito de Bonsucesso, em Várzea Grande. Por isso, o Governo do Estado conta com vários outros parceiros para contribuir com essa causa”, destacou Samira.

Leia também:  Detran-MT aguarda orientação para implantar a CNH digital no estado

Um deles é o arquiteto Paulo Crispin, que voluntariamente criou o projeto da biblioteca, a qual vai funcionar no quintal da casa de Jefferson. “É emocionante a história dele. Quando estamos próximos de pessoas que têm essa visão do coletivo e de melhoria de sua comunidade, como é o caso de Jefferson, a gente acaba se envolvendo mais ainda”, afirmou o arquiteto.

E da mesma maneira que Paulo, o empresário Igor Taques também se sentiu motivado a ajudar, fazendo a doação dos materiais de construção, além de garantir o pagamento e instalação da internet do por um ano. “Nós conhecemos a história do Jefferson em contato com o NAV e ficamos extremamente sensibilizados. É muito raro você encontrar uma criança com essa disposição para a leitura. Então a gente contribui com o sonho do Jefferson e também com a realização de outras crianças, que por meio dos livros terão possibilidade de construir sonhos”.

Leia também:  Seduc vai avisar os pais por meio de SMS quando alunos faltarem à aula

E a alegria do jovem refletiu nos olhos emocionados de sua madrinha, Cilbene Maria da Conceição, que acompanhou toda a história de Jefferson Gabriel até hoje. “Eu não estou nem acreditando que a gente vai poder realizar o sonho dele. O Jefferson é um menino muito iluminado e que merece muito. Agradeço a todos que ajudaram”, completou a madrinha do menino apaixonado pelos livros.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.