Digitais diferentes- Foto: Divulgação
Digitais diferentes- Foto: Divulgação

Dois homens foram presos após cometerem fraude no processo seletivo do curso de medicina da Universidade Federal de Goiás (UFG). Em uma nota divulgada pela instituição, na tarde do último domingo (24), um candidato tentou se passar por outra pessoa para realizar a prova do vestibular em Jataí (GO).

A fraude foi descoberta depois de observarem que as impressões digitais eram diferentes e após análise por um papiloscopistas da Polícia Civil do Estado de Goiás foi comprovado a fraude.

O homem que estava realizando a prova era amigo do real candidato. Os dois já haviam cursado medicina no Paraguai, mas um deles queria entrar para o curso de medicina na federal em Goiânia.

Leia também:  Pode ficar mais caro a compra da casa própria após suspensão de crédito na Caixa

O amigo que estava realizando o exame, foi preso em flagrante após o término da prova em Jataí (GO) e encaminhado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil para as devidas providências.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.