Um homem de 31 anos foi preso na tarde deste sábado (2) acusado de estelionato. A suspeita que o indivíduo tenha caído no golpe do bilhete premiado. Segundo consta no Boletim de Ocorrência (BO), o indivíduo foi a uma drogaria localizada no centro de Rondonópolis e pediu para que fossem feita seis recargas, em um total de R$ 600, porém na hora de pagar, o mesmo afirmou que não tinha dinheiro e que havia sido contemplado com a promoção de uma operadora telefônica.

Segundo informou a vendedora, o homem chegou ao local e pediu para que fossem feitas recargas em três linhas telefônicas. Após finalizar o serviço, a operadora de caixa perguntou sobre o pagamento, neste momento, o suspeito que estava no telefone com sua mãe entregou o celular a vendedora para que falasse com a mulher.

Leia também:  Mulher é atropelada por moto enquanto atravessava a rua para ir a igreja

Na ligação, a mulher informou que era mãe do cliente e pediu para que fossem feitas mais três recargas em outros linhas telefônicas. A genitora ainda informou que havia transferido R$ 600 para a conta do filho que efetuaria o pagamento.

Contudo, na hora de pagar, o suspeito teria dito que não tinha dinheiro, mas que havia sido contemplado em uma promoção da operadora telefônica e que o dinheiro seria depositado a qualquer momento em sua conta.
Diante dos fatos, o individuo foi detido e encaminhado a 1ª Delegacia de Polícia para as devidas providências.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.