Comer uma pizza margherita por dia pode ajudar a emagrecer. Essa é a ideia de uma dieta criada em Nova York por um napolitano, o chefe Pasquale Cozzolino, de 38 anos, que é dono, junto a Rosario Procino, da pizzaria Ribalta, a poucos passos da movimentada região da Union Square.

Reprodução
Reprodução

O italiano, que agora aparece nas primeiras páginas dos jornais dos Estados Unidos, diz que perdeu 50 kg com uma dieta à base de uma pizza margherita por dia durante cinco meses. Para os norte-americanos, e para tantas outras pessoas que consideram o alimento uma “junk food”, o resultado é no mínimo surpreendente.

Segundo o chefe, a ideia da dieta apareceu quando nenhuma outra deu certo. “O problema das dietas é que elas cansam rapidamente e em pouco tempo todos os quilos perdidos com sacrifício são recuperados. Após diversos fracassos, e um problema de saúde, eu decidi que conseguiria os resultados desejados comendo o que quisesse”, explicou Cozzolino em entrevista à ANSA.

Leia também:  Vovó troca pedais e mergulha com carro em piscina

A pizza é um alimento completo. Ele contém proteínas, carboidratos, vitamina C, minerais e antioxidantes que agem na prevenção dos tumores. E foi com ele que o italiano, de 1,97 metro, passou de 170 kg para 124 kg. O seu objetivo ainda é o de chegar a 105 kg.

Reprodução
Reprodução

“Uma margherita tem entre 540 e 570 calorias e te deixa satisfeito. Já de noite eu costumo comer peixe e verduras. Eu faço a dieta cinco dias por semana. E em um dos dias eu tenho um ‘cheating day” [dia de folga], quando como o que quiser”, conta.

A dieta à base de pizza, feita apenas do modo napolitano, ou seja, fermentada de 24 a 36 horas, encontrou também apoio de nutricionistas da cidade de Nova York. “O corpo humano absorve melhor uma comida com um longo período de fermentação e, como um iogurte, ajuda a manter uma boa flora intestinal, que quando em falta causa problemas na hora de perder peso”, comenta a nutricionista Amy Shapiro.

Leia também:  Homem fica ileso após ser arremessado por ônibus na Inglaterra
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.