O setor de Indústria e Transformação foi o que mais demitiu pessoas com carteira assinada durante o mês de fevereiro do ano corrente em Rondonópolis (MT). No total foram contratadas 324 pessoas e 502 funcionários ficaram sem o emprego, totalizando um saldo negativo de 178 demissões. As informações são do Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados (Caged).

Durante o mês, 2.564 pessoas conseguiram emprego, porém, 2.703 foram mandadas embora, fechando o período com 139 desligamentos.

O 2° setor que mais demitiu foi o de Construção Civil, com 119 demissões. Em contrapartida o setor de Serviços fechou o período com saldo positivo gerando 150 novos empregos.

No mesmo período de 2015, o mês de fevereiro também fechou com saldo negativo, com 247 demissões. Foram contratadas 3.050 pessoas e 3.297 perderam o emprego.

Leia também:  MT | Vendas na safra da soja avançam em outubro

O setor de Comércio foi o que mais demitiu. No total foram 730 pessoas contratadas e 1.325 demitidas, fechando o período com um saldo negativo de 595. O 2° setor que mais demitiu foi o de Construção Civil, fechando o mês com 132 pessoas demitidas.

Já o setor de Serviços foi o que mais gerou empregos no mês de fevereiro na cidade. Foram 1.422 pessoas contratadas e 1.014 demitidas, totalizando um saldo positivo de 408 contratações.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.