Apresentador do “Cidade Alerta”, da Record, Marcelo Rezende terá que ficar afastado do telejornal policial por pelo menos uma semana.

O âncora postou alguns vídeos em seu Instagram oficial, dando a notícia aos seus quase 1 milhão de seguidores que pegou gripe H1N1, doença que teve um surto de infecções no último mês, em São Paulo.

Marcelo também criticou a saúde do nosso país: “Repouso absoluto. No mínimo uma semana. Compromissos adiados, ausência no CIDADE ALERTA. E a frustração de ver que nós cidadãos somos literalmente entregues à própria sorte”.

Reprodução
Reprodução

Marcelo disse também que ainda não sabe se precisará ficar internado, mas que ficará isolado num quarto, em sua casa, para que não tenha o perigo de passar a doença para outras pessoas: “Os médicos ainda não decidiram se vão me internar. Só mais tarde. Por enquanto, vou ficar isolado no quarto”.

Leia também:  O Rico e Lázaro | Após ser envenenado por Sammu-Ramat, Asher sente tontura na luta

Em seu lugar, como de costume, Luiz Bacci deverá comandar o programa policial nos fins de tarde e início da noite da Record.

Atualmente, o “Cidade Alerta” marca médias entre 8 e 10 pontos na Grande São Paulo.

Na tarde desta terça, Rezende reclama de muitas dores: “Isolamento total. Já estou tomando TAMIFLU, o remédio para h1n1. A dor no corpo é como se você brigasse com o MIKE TYSON no dia em que ele está zangado, muito zangado”

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.