Uma mulher de 25 anos foi presa em flagrante por tentativa de homicídio na manhã desta segunda-feira (4), em Presidente Prudente, acusada de esfaquear em sua própria casa uma amiga, de 33 anos. A vítima foi encontrada com ferimentos e caída no chão, durante a madrugada, na Vila Ocidental, e encaminhada em estado grave para receber atendimento médico no Hospital Regional (HR).

Foto: Cedida/Polícia Civil
Foto: Cedida/Polícia Civil

A apuração do caso foi enviada à Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e, em ação conjunta, as polícias Civil e Militar passaram a trocar informações. Depois de um trabalho de inteligência, a autora do crime já estava identificada.

Já com dados e fotografias em mãos, policiais militares se depararam com a suspeita que caminhava apressadamente, em outro bairro, e abordaram a mulher, três horas depois do crime. Depois de dissimular tratar-se de outra pessoa, ela resolveu confessar o crime e entregou aos policiais militares a faca. Segundo a Polícia Civil, a mulher justificou a conduta ao alegar que não desejava mais a presença da “amiga” em sua casa.

Leia também:  Advogado diz que é "injusta e absurda" a prisão de Wesley Batista

Os agentes da DIG, em contato com a vítima antes de uma cirurgia, obtiveram da mulher o reconhecimento com “absoluta certeza” da autora. A vítima confirmou que eram amigas, que estava na casa a convite da autora e que foi golpeada de maneira inesperada aos gritos de “morra”.
A mulher presa foi encaminhada à Penitenciária Feminina de Tupi Paulista.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.