Um professor turco foi condenado nesta quarta-feira (20) a mais de 508 anos de prisão cometer abusos sexuais contra dez menores, informou a agência Anatolia.

,

Reprodução
Reprodução

Muharrem Buyukturk, um educador de 54 anos de uma fundação religiosa, foi considerado culpado por ter cometido, entre 2012 e 2015, de abusos sexuais contra 10 menores, entre 12 e 14 anos, aos quais dava aulas particulares, e condenado a 508 anos e três meses de prisão.

Acusado também de ter mostrado imagens pornográficas a suas vítimas, ele negou enfaticamente as acusações ante o tribunal de Karaman, sul da Turquia.
Durante o breve processo, de um dia e meio, o promotor pediu uma pena de 600 anos de prisão.
O caso abalou tanto a pequena cidade conservadora de Karaman, como todo o país.

Leia também:  EUA e Coréia do Sul causam clima de tensão com exercícios militares
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.