Em Mato Grosso, 354.310 eleitores estão regularmente filiados a partidos políticos. A identificação de cada filiado e o quantitativo por partido estão disponíveis no site do Tribunal Superior Eleitoral. Os dados estão atualizados, pois todas as agremiações partidárias tiveram que enviar ao TSE até 14 de abril, via sistema Filiaweb, a relação de seus filiados. No Brasil, o número de filiados chega a 16 milhões.

O partido com o maior número de filiados em Mato Grosso é o Democratas (DEM) com 57.241. Na segunda e terceira colocação estão os Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), que possuem, respectivamente, 40.457 e 33.929 filiados.

Com baixa adesão estão: Partido Novo (NOVO), com 83 filiados; o Partido da Causa Operária (PCO), com 7; e o Partido Comunista Brasileiro (PCB), que possui 6 filiados.

Leia também:  BR-364 é interditada entre Rondonópolis e Cuiabá nesta terça

PPS, PSDB e DEM são os maiores partidos em Cuiabá
Ao destacar a relação de filiados na capital do Estado, que detém o maior colégio eleitoral, altera-se o ranking dos maiores partidos. O PPS é o maior partido em Cuiabá, com 10.526 eleitores filiados. Em seguida vem o PSDB, com 8.586 filiados e em terceiro lugar está o DEM, com 7.601.

Em quarto e quinto lugares ficaram o PDT, com 4.340 e o PMDB, com 3.282 eleitores filiados. O PSB é o sexto maior partido da Capital, com 2.342 eleitores filiados e na sequência, em sétimo lugar, vem o PT, com 2.222.

Até o dia da eleição, em outubro deste ano, o número de filiados por partido político pode sofrer alterações. Isso ocorre porque o eleitor pode aderir as agremiações partidárias em qualquer tempo, salvo para aqueles que pretendem se candidatar.

Leia também:  Município de MT registra tremor de terra e deixa moradores preocupados

É preciso ressaltar que para se filiar, o cidadão deve possuir uma inscrição eleitoral (ser eleitor) e estar em pleno gozo dos direitos políticos, salvo a possibilidade de filiação do eleitor considerado inelegível. Já os servidores da Justiça Eleitoral não podem se filiar. Por fim, militares, magistrados, membros dos tribunais de contas e do Ministério Público observam disposições legais próprias sobre prazos de filiação.

O eleitor só poderá se filiar a um partido político. É vedada a adesão a dois ou mais agremiações partidárias. Se detectada essa situação, a Justiça Eleitoral intima o eleitor para optar por uma delas e caso o mesmo não se manifeste, ocorre o cancelamento automático da filiação mais antiga, permanecendo a recente.

Leia também:  Ação conjunta entre MP, Ibama, PJC e PM Ambiental "desmancha" fazendas de gado e apreende madeira ilegal

Também no site do TSE (www.tse.jus.br) o eleitor pode consultar se está filiado a algum partido político e emitir a certidão de filiação partidária.

Na 2ª semana dos meses de abril e outubro todos os partidos políticos, no âmbito municipal, regional ou nacional, devem informar via sistema Filiaweb, os seguintes dados: o nome do filiado, a data da filiação, o número do título e a seção eleitoral.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.