A Polícia Judiciária Civil cumpriu mandado de prisão contra um homem que abusou e engravidou duas adolescentes, uma de 12 e outra de 14 anos, na cidade de Pontes e Lacerda (448 km a Oeste). A prisão de Pedro Martimiano Tomicha, 38, foi efetuada na quarta-feira (22.06), em uma fazenda, onde ele trabalha como vaqueiro.

A denúncia chegou na Delegacia no dia 19 de junho, pelo Conselho Tutelar, e informava que uma menina de 12 tinha dado entrada no hospital sentido dores e lá foi constatado que ela estava grávida, prestes dar à luz. A criança do sexo feminino nasceu no último final de semana.

Já na Delegacia, a Polícia Civil confirmou que além da menina de 12 anos, a irmã de 14 anos também foi estuprada e havia tido um filho, do sexo masculino, há cerca de cinco meses.

Leia também:  PM apreende mais de 80 pedras de pasta base de cocaína e suspeito é detido na Vila Canaã

As meninas foram ouvidas na delegacia e confirmaram os abusos sofridos pelo padrasto e ambas confirmaram que eram estupradas pelo padrasto na ausência da mãe.

“É um caso sórdido. Ele num primeiro momento abusou da enteada de 14, que teve um filho há cinco meses. Depois passou a abusar da irmã de 12 anos, que também engravidou e teve a criança há cinco dias. A mulher dele, mãe das meninas, teve um filho com ele, que está com 1 ano”, disse o delegado Gilson Silveira.

O delegado acrescentou que será solicitado exame de DNA das crianças para comprovar a paternidade.

O suspeito foi interrogado nesta quinta-feira (23.06), confessou todos os abusos e alegou ser seduzido por mãe e filhas. Ele será encaminhado a Cadeia Pública local, apos passar por exames de corpo delito. O vaqueiro será indiciado por dois estupros de vulnerável.

Leia também:  Mãe e crianças são mantidas reféns por mais de 30 dias em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.