Ao que parece finalmente o grupo liderado por Adilton Sachetti (PSB) e Rogério Salles (PSDB) definiu realmente quem será o pré-candidato à prefeito de Rondonópolis.

A decisão de sacramentar Salles como pré-candidato do chamado “grupão”, também já teria definido o nome do empresário Adelino Bissoni (PSB) como vice na coligação, que ainda terá o Partido da Social Democracia (PSD), cujo o pré-candidato à prefeito Ibrahim Zaher, o único nome que realmente seria o novo na disputa pela cadeira de prefeito, vai anunciar sua saída da cena política em uma entrevista coletiva na Câmara Municipal.

Na verdade, Salles deve falar sobre o fechamento de outros partidos na aliança do “grupão”, entre eles o Democratas, dos irmãos Jayme e Júlio Campos. A decisão que fará o diretório municipal do DEM mudar de rumo, pois já estaria alinhado com Percival, foi tomada em Várzea Grande, onde o PSDB que até então estaria se posicionando contra a candidatura à reeleição de Lucimar Campos, esposa de Jayme, mudou de opinião e ao negociar a vice na chapa da atual prefeita, obrigou o Democratas a mudar de posição em Rondonópolis, que agora estará obrigado a caminhar com o PSDB de Salles em Rondonópolis.

Leia também:  Grupo Itapemirim é o novo dono da Passaredo
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.