Foto: Internet
Foto: Internet

Deliciosa e refrescante, a graviola tem gerado muitas conversas acerca de seus benefícios para a saúde. Além de atuar como antibacteriana, vermífuga, antiparasitária, antiespasmódica, adstringente e hipotensora, a planta (folhas e fruto) ajuda na prevenção e no tratamento do câncer. E mais, ela ajuda de uma forma tão eficaz quanto a quimioterapia, porém sem causar os danos que o tratamento geralmente deixa. Com a graviola é possível realizar uma terapia natural evitando a perda de cabelo e as náuseas incessantes do procedimento químico.

Estudos estrangeiros confirmam a eficácia da graviola na cura do câncer
Estudos comprovaram que a graviola atua, de fato, na cura e prevenção do câncer. No ano de 1976, nos Estados Unidos, o Instituto Nacional do Câncer pôde comprovar que a fruta agia como quimioterápico natural sobre as células cancerígenas. Impressionantemente, as folhas da graviola teriam um poder de 10 mil vezes superior ao composto Adriamicina, que é um dos citotóxicos agressivos usados na quimioterapia medicamentosa.

Leia também:  Um risco desnecessário e perigoso ao fazer cirurgia plástica

A fruta ainda apresenta propriedades que atuam de forma saudável nas células do nosso corpo, diferentemente dos compostos químicos laboratoriais utilizados na quimioterapia que são muito agressivos. A graviola, na verdade, consegue atacar as células cancerígenas que ameaçam nosso corpo, mas não ataca as células que estão saudáveis, característica que difere da quimioterapia. Segundo fontes de pesquisa, a fruta detém a capacidade de que as células do câncer se desenvolvam em até 48 horas.

Em 1997, na Universidade de Purdue, em Indiana, nos Estados Unidos, pesquisadores constataram que o poder anticancerígeno da graviola atuava em diversos tipos da doença, em especial os tipos que mais acometem a população tais como: câncer de pulmão, câncer de próstata, câncer de mama, câncer de esôfago, câncer de cólon e reto, além de ser eficaz no tratamento da perigosa leucemia.

Leia também:  Açúcar na infância: limites mais rígidos

suco graviolaComo obter os benefícios da graviola para o câncer?
Para que a graviola contribua na prevenção e no tratamento dos casos de câncer, o extrato da fruta e de suas folhas é indicado. É possível encontrar no mercado o pó das folhas e as cápsulas. Se desejar fazer uso da fruta para prevenir o acontecimento da doença, consuma 50 mg do extrato de 15 a 20 minutos antes das refeições. Caso o uso da graviola já seja uma medida para remediar o problema, a indicação é de um grama ou dois, isso irá variar de acordo com a gravidade da enfermidade e do estado em que o paciente se encontra.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.