O amor eterno de uma mãe foi ceifado junto com a sua vida por uma pessoa que ela jamais poderia desconfiar que cometeria um ato de crueldade como este: sua própria filha.

A filha adotiva da vítima, uma adolescente de 14 anos, e seu namorado, um adolescente de 16 anos, são os principais suspeitos de esfaquear até a morte Tatiana Albuquerque Cutrim, de 49 anos. O corpo foi encontrado neste sábado (23), em São Luiz (MA), estirado no chão de casa.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O motivo do crime seria a reprovação de Tatiana em relação ao namoro da filha, o que resultou em diversas discussões nos dias que antecederam o assassinato.

Tatiana morava com a filha adotiva na casa onde o crime aconteceu. A polícia investiga o caso para saber se a morte foi na sexta-feira (22) ou no dia que o corpo foi encontrado.

Leia também:  Todos assentos de ônibus e metrô tornam preferenciais por lei no DF

O corpo da vítima apresentava ferimentos feitos com golpes de faca e uma corrente no pescoço.A polícia procura pelo casal, que está foragido.

O delegado que investiga o crime afirma que assim que for detido, o casal será encaminhado para a Delegacia do Menor Infrator para que preste depoimento e, posteriormente, será encaminhado para o Centro de Ressocialização.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.