Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Polícia Judiciária Civil de Barra do Garças (MT) deflagrou nesta sexta-feira (15) a operação denominada “Playboy” de enfrentamento ao tráfico de drogas sintéticas no município. A ação deu cumprimento a cerca 30 ordens judiciais, entre busca e apreensão, prisão e condução coercitiva.

A operação mobilizou dezenas de policiais civis entre investigadores, escrivães e delegados da 1ª Delegacia de Polícia, Delegacia Regional e da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF). Foram apreendidas porções de substâncias análogas à LCD, ecstasy, além de maconha e haxixe, em residências vistoriadas em cumprimento a 13 mandados de busca e apreensão.

Doze pessoas foram presas durante a operação. Vinte foram conduzidas para prestar esclarecimento na delegacia. Segundo o delegado Renato Resende do Nascimento, a maioria dos detidos é formada por universitários e integra a classe média da cidade, algo já característico no tráfico de drogas sintéticas.

Leia também:  Dupla amarra vítima em veículo roubado e o abandona em zona rural

“Na cidade estava prevista uma grande festa no final de semana onde possivelmente os entorpecentes seriam comercializados. O evento ajudou a aumentar o interesse de traficantes até de fora do município”, afirma o delegado.

Os jovens autuados também ofereciam as drogas nas redes sociais.

Em Barra do Garças, além do disque denúncia via 197, a Polícia Judiciária Civil tem um novo canal de comunicação para que a população colabore com informações, elogios e críticas, o whattsapp (66) 9 9910-0197.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.