Comitivas na cavalgada 2016 - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Comitivas na cavalgada 2016 – Foto : Messias Filho / AGORA MT

A tradicional cavalgada iniciada às 8h deste sábado (06) abriu oficialmente a 44ª Exposul, em Rondonópolis (MT). Em sua 30ª edição, a cavalgada pelas ruas da cidade relembra as tradições e culturas dos tropeiros, das comitivas e do início da história do município. Ao todo 270 cavaleiros participam do evento.

Pedro Godoi organizador do evento - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Pedro Godoy coordenador da cavalgada – Foto : Messias Filho / AGORA MT

Para o coordenador da cavalgada, Pedro Godoy, que está na organização do evento há 10 anos, este é um momento de homenagear quem fez história em Rondonópolis. “A cavalgada faz o resgate das raízes, Mato Grosso foi criado em cima do carro de boi, é importante que tenha essa homenagem,” comentou Godoy.

Neste ano, a organização decidiu manter o trajeto tradicional com início na Rua Fernando Correa da Costa em direção a região central assando pela Praça Brasil e depois pela Praça dos Carreiros, onde haverá uma parada em frente ao monumento ‘Carro de Boi’, onde será feita uma homenagem aos carreiros que colaboraram para o crescimento da cidade.

Leia também:  Conhecimento e solidariedade juntos no 1º Fórum Jurídico da ACIR
Carros de bois a frente das comitivas - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Carros de bois a frente das comitivas – Foto : Messias Filho / AGORA MT

Em seguida, a cavalgada segue pela Rua Dom Pedro 2º e depois continua pela avenida Bandeirantes até chegar no antigo Parque de Exposições, próximo ao Corpo de Bombeiros.

Segundo o coordenador, cerca de 200 animais participam da cavalgada. Os fiscais do Instituto de defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) estiveram fiscalizando se os animais participantes possuem os documentos exigidos.

Ricardo Oliveira gerente regional do INDEIA - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Ricardo Oliveira, gerente regional do INDEA – Foto : Messias Filho / AGORA MT

De acordo com gerente regional do Indea, Ricardo Oliveira, os animais verificados no início da cavalgada estavam de acordo com os documentos exigidos pelo órgão que constatam o exame negativo de anemia infecciosa equina, atestado negativo de mormo, um atestado clínico de um médico veterinário autônomo, vacina para influenza e Guia de Trânsito Animal (GTA).

Leia também:  Hospital Santa Casa deve receber atrasados nesta quarta (1), diz vereadores

Ao todo participam oito comitivas da cavalgada que fazem questão de manter o pioneirismo e a tradição. O presidente da Comitiva União, Celso Leopoldo, que trouxe 36 cavaleiros para participar do tradicional evento, destacou a importância da cavalgada. “A cavalgada abrilhanta a abertura da Exposul, traz o campo e a fazenda para as ruas da cidade. Tem muitas crianças que não conhece e tem a oportunidade de ver a história da cavalgada,” comentou Leopoldo.

Cavalgada 2016 - Foto : Messias Filho / AGORA MT
Cavalgada 2016 – Foto : Messias Filho / AGORA MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.