Os preços da soja disponível registraram altas mensais expressivas em Mato Grosso (MT) em maio e junho deste ano. As informações são da Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

 Conforme o Instituto, ao ser analisada a variação estacional dos preços disponíveis da soja nos últimos cinco anos em MT para a verificação da sazonalidade dos preços ao longo do ano, percebe-se um período de baixa de outubro a fevereiro e um período de alta bem definido de maio até setembro.

Em 2016, no entanto, os preços da soja em julho não acompanharam tal sazonalidade, acumulando recuo mensal de 9%, com movimentação de queda semelhante a 2014. Mesmo com a baixa disponibilidade de soja em grão atualmente no mercado mato-grossense, os preços vêm recuando desde o final de junho, refletindo “a saída do mercado” de muitas empresas compradoras.

Leia também:  Brasil precisa melhorar qualidade da carne para não perder mercado, diz empresa

 Nos últimos dias, o recuo das cotações externas tem sido outro balizador para as quedas internas, que registraram na última semana de julho médias em torno de R$ 70,00/sc no Estado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.