Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Em Mato Grosso já foram registradas 1.492 denúncias através do aplicativo Pardal. Só em Cuiabá foram 262 denúncias registradas pelo aplicativo. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), o aplicativo tem sido a principal ferramenta usada pelos cidadãos mato-grossenses para denunciar propaganda eleitoral antecipada e/ou irregular e outros crimes eleitorais relacionados as Eleições 2016.

Dentre as denúncias de propaganda irregular as mais frequentes são banner, cartazes, faixas, outdoor e placas, somando 838 registros. Em 2º aparecem as propagandas em redes sociais com 184 denúncias. Propaganda em sites contabilizam 35 notificações. Ainda foram registradas 166 denúncias relacionados ao da máquina administrativa e 79 por compra de votos.

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, desembargadora Maria Helena Gargaglione Póvoas destacou a importância da denúncias feitas pelos eleitores.

Leia também:  Comissão aprova direito de usuário de telefonia à informação antecipada sobre serviço

“Ficamos muito felizes em perceber que a população de Mato Grosso está participando mais, fiscalizando mais o processo eleitoral. Esse controle social é importante porque a Justiça Eleitoral não tem estrutura para estar em todos os lugares, para coibir todas as irregularidades. Precisamos da participação da sociedade nesse trabalho”, ressaltou Póvoas.

As denúncias, anônimas ou não, são recebidas pela Ouvidoria Eleitoral do Estado de Mato Grosso, que encaminha os conteúdos recebidos aos Juízos competentes, para a realização das diligências e/ou apurações das responsabilidades devidas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.