Reprodução do Facebook
Reprodução do Facebook

O lutador de MMA Marcus Kowal fez um apelo emocionante para que as pessoas não dirijam e bebam. Ele está passando por um drama desde que seu filho Liam, de 1 ano e 3 meses, morreu no domingo após ser atropelado por uma mulher de 72 anos numa faixa de pedestres na Califórnia, nos Estados Unidos.

“Faz quatro horas que eu deixei o hospital onde me despedi do meu bebê pela última vez. Três dias atrás ele foi atingido por um motorista bebâdo. Eu não sou um ator. Este não é um comercial. Esta é a realidade. Tudo o que posso dizer é não beba e dirija. Não deixe seu amigo beber e dirijir. Por favor”, disse.

Leia também:  Criança de 3 anos foi a única sobrevivente em queda de avião na Rússia

O atleta também postou uma foto de despedida do bebê Liam. “Boa noite, bebê. Você estará sempre conosco. Papai te ama”, escreveu no Facebook. Ele e a mulher, Mishel Eder, estão muito abalados.

Reprodução do Facebook
Reprodução do Facebook

O atleta agradeceu o apoio que tem recebido. “Eu gostaria de agradecer a todos pelas nossas mensagens. Nosso bebê teve morte cerebral há cerca de uma hora. Ele lutou bravamente. Os médicos chegaram a ressuscitá-lo e seu coração ainda está batendo, mas seu cérebro não está mais funcionando. Nossos corações estão partidos e há um vazio na minha alma, mas vamos passar por isso”, disse ele.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.