Foto: Reprodução/ Daily Mail
Foto: Reprodução/ Daily Mail

Dois prisioneiros do grupo terrorista Estado Islâmico acusados de adultério foram brutalmente apedrejados até a morte na Síria, em frente a uma multidão de homens e crianças.

As imagens fortes divulgadas pelo grupo na internet mostram as vítimas sendo atingidas por pedras pesadas perto da cidade de Abu Kamal, no leste da Síria — próximo à fronteira com o Iraque.

Foto: Reprodução/ Daily Mail
Foto: Reprodução/ Daily Mail

Centenas de pessoas — incluindo crianças — assistiram às execuções na praça da cidade, enquanto os jihadistas fanáticos realizavam as execuções ao estilo medieval.

As imagens mostram os líderes extremistas lendo as acusações em um alto-falante, antes de os homens serem levados ao seu destino final.

Leia também:  Mais de 20 países fazem substituição do cigarro tradicional por eletrônicos
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.