Monnesty Choute, 43 anos, morreu na tarde desta sexta-feira (14) após uma manilha de concreto cair em cima dele enquanto trabalhava na obra da Estrada Nancy, em Sinop. Segundo a Perícia Técnica a vítima teve o crânio esmagado.

Segundo informações, uma escavadeira teria erguido o objeto para colocar na vala, porém o cabo de sustentação rompeu e a manilha caiu sobre a vítima. Ele concretava outras manilhas quando foi atingido.

Os Bombeiros foram ao local, mas a vítima já estava morta. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e segundo informações a vítima seria haitiana.

Advertisements
Leia também:  Sorriso | Suspeito de matar travesti com uma chave de fenda é preso

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.