Foi aberto pela Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos abriu um processo administrativo para saber se realmente um médico rondonopolitano mantem três vínculos empregatícios, dois na própria Secretaria e o terceiro na Secretaria Municipal de Saúde do município.

Pelas contas se houver realmente os três vínculos, o médico que não teve o nome revelado, trabalharia 90h semanais. Se levarmos consideração que ele folgue uma vez por semana, ele seria obrigado a trabalhar 15 horas por dia.

O processo administrativo apura se ele violou dispositivos do Estatuto dos Servidores Públicos Estaduais.

Advertisements
Leia também:  Presentes do maninho

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.