Um taxista morreu na madrugada desta sexta-feira após se envolver em uma briga com um policial civil no Itaim Bibi, na zona sul de São Paulo. Os dois teriam entrado em confronto após o agente de segurança “fechar” o carro do motorista. Segundo a Polícia Militar, o policial alvejou o taxista com uma arma de fogo.

Imagem: taxista é morto em briga de transito
Reprodução/TV Globo

De acordo com informações preliminares, o taxista teria se irritado com a manobra do policial, sacado uma arma e atirado em direção ao agente. O policial reagiu e disparou duas vezes – as balas atingiram o peito e o pescoço do motorista. A PM informou que o taxista foi socorrido ao Hospital das Clínicas, na zona oeste, mas não resistiu aos ferimentos.

Leia também:  Criança sequestrada enquanto brincava é encontrada morta dentro de mala

Em entrevista à TV Globo, o pai da vítima afirmou que o filho não tinha uma arma, não tinha passagens pela polícia e que não teria como atirar no policial, uma vez que foi baleado ainda dentro do carro.

O policial foi ouvido no 14º Distrito Policial (Pinheiros), onde o caso foi registrado, e liberado. As investigações seguem para o 15º DP (Itaim Bibi), delegacia responsável pela área. Procurada, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) de São Paulo informou que o caso está sendo apurado.

Em entrevista à TV Globo, o pai da vítima afirmou que o filho não tinha uma arma, não tinha passagens pela polícia e que não teria como atirar no policial, uma vez que foi baleado ainda dentro do carro.

Leia também:  Armas, centenas de munições e 4 t de droga é apreendida em caminhão de carga no PR

O policial foi ouvido no 14º Distrito Policial (Pinheiros), onde o caso foi registrado, e liberado. As investigações seguem para o 15º DP (Itaim Bibi), delegacia responsável pela área. Procurada, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) de São Paulo informou que o caso está sendo apurado.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.