Os prefeitos eleitos ainda nem tomaram posse e os partidos políticos já pensam nas eleições de 2018. Nomes como o do senador Wellington Fagundes (PR), do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Antônio Joaquim e claro o governador Pedro Taques (PSDB) já trabalham de olho na cadeira de governador em 2018.

Na semana passada, o deputado e cacique do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), Carlos Bezerra, já anunciou que Antônio Joaquim é pré-candidato ao governo. O senador Wellington Fagundes, que costumeiramente evita críticas mais acidas a quem está no poder, tem agido com o governador Pedro Taques de forma contrária.

Já o governador que ainda pode concorrer à reeleição, vendo a movimentação de bastidores, resolveu contra atacar e anda revendo seus conceitos de administração e numa mudança radical começa a chamar políticos para fazer parte do seu staff.

Leia também:  E o troca-troca continua

Já o senador Blairo Maggi (PP) foi “lançado” pelo seu partido como pré-candidato à Presidência da República.

As pedras do tabuleiro político já estão em movimento e muita coisa nova pode acontecer, inclusive, o aparecimento de novos nomes para o Senado e Governo de Mato Grosso.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.