Imagem: homem morto em borracharia
Foto: Divulgação

O crime ocorreu na madrugada deste domingo (11)  no pátio de uma borracharia, localizada no bairro Camping Club. Consta no boletim de ocorrência, registrado pela Polícia Militar, que a vítima é Diego Marques da Silva, 36 anos, atingido por disparo de arma de fogo e morreu ainda no local. Ainda não se sabe o que motivou o assassinato.

Segundo testemunhas, o crime teria sido cometido pelo dono da borracharia, que, de acordo com esta versão, fugiu em caminhonete GM S10 branca, em companhia de uma mulher.

A Polícia Militar fez diversas rondas, no entanto, não conseguiu localizar nenhum suspeito. A versão contada por testemunhas ainda será investigada. A vítima foi encaminhada pela Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) para o Instituto Médico Legal (IML). Ainda não há confirmação de horário e local dos procedimentos fúnebres. Diego era morador do Camping Club. A Polícia Civil investiga o homicídio.

Leia também:  Criminosos explodem agência bancária em Alto Taquari

Outro caso

Sebastiana Aparecida da Silva Flach, 40 anos, foi assassinada com um golpe de facão, esta madrugada, em uma chácara, localizada na estrada Monalisa. O principal suspeito de cometer o crime é o marido da vítima. Ele foi preso ainda no local por policiais militares e confessou o assassinato.

A principal versão é que o homicídio tenha sido motivado por ciúmes. Uma testemunha relatou aos policiais que estava ingerindo bebida alcoólica com a vítima e o suspeito. Em determinado momento, segundo ele, chamou Sebastiana para dançar, o que gerou ciúmes no acusado.

O homem contou que, após a reação do marido, colocou a mulher na garupa de uma motocicleta, no intuito de deixar o local. No entanto, no instante em que os dois estavam saindo da chácara, o esposo de Sebastiana pegou um facão e passou persegui-los.

Leia também:  Vereador reage a tentativa de roubo e atira em bandido

Segundo a versão da testemunha, a mulher pulou da moto e tentou correr, porém, acabou caindo. O suspeito então se aproximou e desferiu um golpe de facão no tórax dela. Moradores ainda tentaram socorrer a vítima, a arrastando até uma residência próxima.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e encaminhou uma equipe até o local. Contudo, Sebastiana não resistiu ao ferimento e veio a óbito. Em depoimento aos policiais, o acusado, que tem 36 anos, disse que visualizou o homem “acariciando” sua mulher.

Ele confirmou que correu atrás dos dois e relatou ainda que após golpear a mulher, jogou o facão, que não foi localizado pelos policiais. O homem foi preso e encaminhado à delegacia municipal. Profissionais da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) estiveram no local e encaminharam o corpo de Sebastiana ao Instituto Médico Legal (IML).

Leia também:  XRE 300cc é roubada de motociclista

Ainda não há informações sobre horário e local dos procedimentos fúnebres. A vítima era natural de Borrazópolis (PR) e morava na zona rural de Sinop.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.