Imagem: Cáceres redesim cae
Foto: Reprodução

Gestores municipais procuram a Junta Comercial do Estado de Mato Grosso (Jucemat) para sanar dúvidas sobre a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim), e planejam a implantação do mesmo.

“Possibilitará a integração de órgãos das três esferas: nacional, estadual e municipal. Isso vai realmente simplificar o processo de abertura de empresa”, frisou a coordenadora do Centro de Atendimento Empresarial (CAE) de Cáceres, Gislaine Fátima Neves.

Gislaine procurou a Jucemat no dia 11 deste mês, acompanhada do secretário de Indústria, Comércio, Meio Ambiente e Turismo de Cáceres, Júnior César Dias Trindade, com o objetivo de conhecerem melhor a iniciativa. “Conhecemos o programa. Os técnicos da Jucemat fizeram toda a apresentação de como vai funcionar e foi possível avaliar, tanto na perspectiva do usuário, como enquanto órgão ofertante do sistema. Foi esclarecedor”, destacou a coordenadora.

Leia também:  Municípios mato-grossenses podem aderir ao Selo Unicef

Cáceres acelera o processo de implantação da Redesim. A formalização deverá ocorrer ainda no primeiro trimestre do ano. Para a presidente da Jucemat, Gercimira Rezende, a parceria é um importante passo, uma vez que vai dar celeridade nos processos, gerar emprego e renda.

“Precisa integrar Mato Grosso, e Cáceres é um polo importante. Todos saem ganhando nesse processo, principalmente o empresário que diminuirá as idas e vindas até a Jucemat, e também os custos com os documentos, que estarão centralizados”, pontuou a presidente.

Na oportunidade, a equipe esteve na Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), pleiteando a ampliação dos serviços ofertados pelo CAE, como as linhas de crédito da Desenvolve MT. “Temos empreendedores comprometidos com o crescimento da economia e que nos procuram com frequência. Será um estímulo a mais para geração de emprego e ampliação dos negócios”, destacou Gislaine, que coordena o trabalho do CAE na cidade desde sua implantação há três anos. Segundo ela, um Termo de Cooperação deverá ser assinado.

Leia também:  Estado aumenta valor dos repasses para fundos municipais de Saúde

O coordenador geral da Secretaria de Indústria, Comércio e Meio Ambiente, Lauro Luiz de Alcântara Silva, também acompanhou a agenda na Jucemat.

Campos de Júlio

O município de Campos de Júlio também se prepara para a implantação da Redesim. Um dia após a visita da equipe de Cáceres, que ocorreu em 12 de janeiro, o secretário de Planejamento do município, Geraldo Soares Junior, a procuradora geral Viviene Barbosa Silva e o secretário de Comunicação Álvaro Fabrício Cavalheiro estiveram na Jucemat, com propósito de se inteirar sobre o processo.

Segundo o coordenador da Redesim em Mato Grosso, Alexandre Augusto Lacerda, da Jucemat, há pelo menos cinco cidades em processo de formalização de convênio e preparativos para implantação. Entre elas, Primavera do Leste, Lucas do Rio Verde e Sinop.

Leia também:  Após articulação do MPE, escola sonhada há mais de 10 anos vai se concretizar
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.