Imagem: cafe1
Foto: Reprodução

O Brasil é o segundo maior consumidor de café do mundo — e, segundo um trabalho realizado pela Universidade Stanford, nos Estados Unidos, essa é uma ótima notícia. Os pesquisadores descobriram que a cafeína age contra a inflamação crônica relacionada ao envelhecimento. Pois é: parece que o cafezinho faz muito mais do que só dar energia.

Vamos por partes. Em primeiro lugar, os cientistas analisaram amostras de sangue de 100 pessoas, entre jovens e idosos, para ver quais genes eram especialmente ativos em pessoas mais velhas. Com isso, encontraram trechos do DNA responsáveis pela produção de uma proteína inflamatória, a IL-1 beta. Também mostraram que, quanto mais anos de vida o sujeito possui, mais esses “genes inflamatórios” trabalhavam.

Leia também:  O revés das dietas sem glúten

Até aí, nada de muito novo, uma vez que esse é um processo natural do envelhecimento. “A maioria das doenças da idade não são realmente da idade, mas sim provocadas pela inflamação”, explica David Furman, líder do estudo, em um comunicado.

Mas e o café com isso? Os pesquisadores notaram que, mesmo entre os mais maduros, alguns tinham esses genes menos ativos que outros. E os idosos com baixo processo inflamatório curiosamente consumiam café com regularidade. Ao investigar isso a fundo, os experts descobriram que a cafeína e outros componentes da bebida inibem o circuito inflamatório.

“Nossas descobertas mostram que um processo inflamatório associado ao envelhecimento é desencadeado por fenômenos que nós podemos combater”, contextualiza Mark Davis, que trabalhou no estudo, no site da universidade.

Leia também:  Conheça os sintomas e as consequências do TDAH - Transtorno de Décifit de Atenção com Hiperatividade

Ah, e se você é da turma do chá, não se preocupe. O mesmo artigo aponta que a teofilina, encontrada na bebida, também faz as vezes de substância anti-inflamatória.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.