Imagem: ludmilla
Foto: João Miguel Júnior/Globo

A cantora #Ludmilla foi vítima de #Racismo no Aeroporto Internacional de Florianópolis, em Santa Catarina. As informações foram divulgadas pelo site Ego. Essa não é a primeira vez que a funkeira é vítima desse tipo de #Crime.

Ludmilla foi uma das atrações do badalado Réveillon de Jurerê Internacional, em Santa Catarina. No sábado, ela viajou do Rio de Janeiro para a capital catarinense e quando desembarcou, por volta das 10h50, foi ofendida por uma mulher enquanto tirava fotos com fãs.

“Nega safada”, gritou a mulher. Ludmilla teria pedido explicações para a ofensora, mas sua equipe decidiu intervir e a levar para a van que a aguardava na saída do aeroporto. A mulher ainda teria ameaçado: “Você vai cair, neguinha”.

Leia também:  Katy Perry lança novo vídeo de 'Swish Swish'

A cantora fez o que é recomendado em casos lamentáveis como este: denunciou o caso de racismo à Polícia Civil, que mantém uma delegacia dentro do Aeroporto Internacional de Florianópolis. Ludmilla prestou depoimento na delegacia. A assessoria de imprensa da cantora não comentou o caso.

Em maio, a cantora foi vítima de racismo nas redes sociais. No ataque, ela foi chamada de “crioula nojenta” e “macaca”.

Em fevereiro, Ludmilla foi ofendida pela socialite Val Marchiori, durante o carnaval. Val comentava os bastidores na Rede TV! quando disse que o cabelo da funkeira parecia “uma esponja de aço”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.