Imagem: lacerda 27 frente
Cadela Sharon – Foto: PC

Aproximadamente 30 kg de cocaína foram apreendidos em uma ação integrada realizada pela Polícia Judiciária Civil, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Corpo de Bombeiros Militar em uma região próxima ao garimpo Serra da Borda, em Pontes e Lacerda (671 km de Rondonópolis). O objetivo da operação era localizar Paula Andressa, 29 anos, desaparecida a 22 dias.

A cadela Sharon, da raça labrador, do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso, participou dos trabalhos por ser especializada na busca de pessoas perdidas em região de mata e também de cadáveres.

Após horas de intensa busca, não sendo possível localizar vestígios da jovem, já durante o retorno à cidade de Pontes e Lacerda, na MT – 473 estrada do Matão, o condutor de um veículo pick up ao visualizar o comboio de viaturas, deu meia volta na estrada.

Leia também:  Com uma faca, suspeita entra em luta corporal com mulher no centro de Rondonópolis

Em seguida, duas pessoas desceram da carroceria levando duas mochilas e empreendendo fuga dentro de mata fechada. Neste momento a cadela Sharon entrou em ação para rastrear os fugitivos que, na pressa, deixaram as bolsas pelo caminho.

Imagem: lacerda 27 2
Equipe que participou da operação – Foto: PJC

Foram encontradas duas mochilas jogadas na mata, sendo uma contendo 29 tabletes de substância entorpecente do tipo pasta base e mais 2 kg de substância entorpecente do tipo cloridrato de cocaína – considerada de alta pureza e valor econômico.

O cerco policial foi realizado pelos policiais civis que compõem o Grupo Armado de Resposta Rápida (GARRA) e Polícia Rodoviária Federal (PRF), no entanto até o momento não foi possível realizar nenhuma prisão devido à extensão da área de mata.

Leia também:  Oito pessoas são detidas por tráfico de drogas, dentre elas três menores

Toda a ação foi coordenada pelo delegado de polícia Gilson Silveira que determinou a apreensão do material e sua condução para a Delegacia de Pontes e Lacerda.

Novas diligências serão realizadas para localizar a jovem desaparecida que vivia no Pará quando decidiu vir a Mato Grosso trabalhar em Pontes e Lacerda por conta da movimentação do garimpo na cidade mato-grossense.

Bairro Seguro

Participaram da ação policial o Grupo Armado de Resposta Rápida (GARRA) e Gerência de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil. Os trabalhos compõem a operação Bairro Seguro, deflagrada nesta sexta-feira (27) pela Secretaria de Segurança Pública (SESP).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.