Autoridades italianas apreenderam nesta sexta-feira (17) 390 quilos de cocaína no porto de Gioia Tauro, na região de Reggio Calábria, Itália. A droga chegou em um navio proveniente do porto de Santos, no Brasil, que tinha como destino final o porto de Odessa, na Ucrânia. De acordo com as autoridades a droga, que seria desembarcada na Itália, estava dividida em 354 blocos e sua venda renderia cerca de 80 milhões de euros. As informações são da Agência ANSA.

“O importante resultado confirma a validade da análise operacional que, através de uma série de cruzamentos de documentos e novas descobertas, permitem a individualização de contêineres suspeitos”, disse o procurador da região, Federico Cafiero De Raho. O porto de Gioia Tauro é considerado por ele como a “porta de entrada na Itália para a cocaína”, já que a região abriga alguns dos pilares de um dos maiores grupos mafiosos italianos, a ‘ndrangheta’.

Leia também:  Cerca de 40 milhões de pessoas ainda são vítimas de escravidão no mundo

A apreensão foi realizada pelo Comando Provincial de Reggio Calábria e por funcionários da Agência de Aduanas – Escritório Antifraude, com a coordenação da Direção Distrital Antimáfia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.