Imagem: Reunião MP
Foto: assessoria

Na última sexta-feira (17) a Frente Parlamentar presidida pelo vereador Thiago Silva (PMDB), em prol da implantação da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat) e criação da Universidade Federal de Rondonópolis (UFR), se reuniram com a Promotora de Justiça Joana Maria Bortoni Ninis no Ministério Público de Rondonópolis para tratar assuntos pertinentes a instalação da Unemat no município.

Estiveram presentes na reunião os vereadores Thiago Silva, Carlos Alberto Guinâncio, Silvio Negri, Oreste Miraglia e coordenador pedagógico do curso de direito da Unemat em Mato Grosso Everton Neves.

Na ocasião a promotora Joana Maria Bortoni Ninis destacou uma Ação Cível Pública para chamar a Unemat para honrar seus compromissos com o município.

Leia também:  Com emenda de Rezende, Unemat aprecia Direito para Rondonópolis

“Já estou preparando uma Ação Cível Pública para incumbir a Unemat a realizar o vestibular que foi prometido, vamos nos próximos dias levantar informações para verificar custos e o orçamento necessário para a implantação, e após o levantamento a Câmara Municipal realizara uma audiência pública onde nossos representantes políticos serão convidados juntamente com a reitoria da Universidade para publicamente responder aos questionamentos da população quanto a não contemplação da Unemat em Rondonópolis ”

O vereador Thiago Silva lembra que a luta é antiga e que várias ações foram feitas para viabilizar a vinda da Unemat para Rondonópolis, inclusive recursos foram garantidos através de emendas municipal e estadual e compromissos pela Prefeitura Municipal.

“Tivemos várias reuniões com a Reitoria da Unemat, inclusive no Ministério Público a qual não obtivemos resposta por parte da Universidade. A nossa cidade precisa ser reconhecida pela contribuição que dá para crescimento da Universidade, somos a 2ª cidade do estado que mais contribuí com impostos, crescimento e desenvolvimento. A nossa luta é constante pra esse ano já garantimos uma emenda no valor de R$ 500 mil, como contrapartida do Município para a instalação da Unemat em Rondonópolis”.

Leia também:  Medeiros busca protagonismo dentro do Podemos

O vereador ressalta ainda a falta de comprometimento da Universidade com o município e pede respostas para a população e o cumprimento dos acordos feitos para a implantação. “O que mais nos indigna é que a desculpa pela não instalação no campus na cidade, sempre é a falta de recursos, mais vimos nesses últimos anos vários cidades sendo contempladas com cursos no estado, inclusive depois que foi suspenso o vestibular de Rondonópolis. Esta audiência será fundamental para sanar essas dúvidas e desencontro de informações, precisamos reunir todas as pessoas envolvidas e saber de fato o que falta para a aprovação da Unemat no município”, concluiu o parlamentar.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.