O mecânico de 39 anos que foi preso na terça-feira (28) no município de General Carneiro acusado de estuprar a própria filha de 12 anos confessou em um vídeo que cometia os abusos e que teria inclusive tirado a virgindade da menor. Ele já está solto, pois segundo a Polícia Civil ele não foi preso em flagrante pois o crime vinha sendo praticado ao longo de 2016 e nem havia nenhum mandado de prisão em aberto contra ele.

No vídeo, o homem relata que já faz um tempo que cometia o ato e que a esposa não tinha conhecimento. Ele fala ainda que ‘vacilou’ e arrepende do que fez e que se um dia a encontrar irá pedir perdão.

Leia também:  Rosário Oeste | Polícia fecha pontos de apostas de jogo do bicho

O CRIME

O fato foi descoberto após a garota ser levada ao hospital com um mal-estar. No local os médicos descobriram que ela estava grávida, desconfiaram e acionaram o Conselho Tutelar.

Ela relatou que vinha sendo abusada pelo pai e que o filho era dele. A menina está gravida de mais de quatro semanas.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.