A Polícia Militar foi acionada ontem (03), por volta das 19H no bairro Francisca Garcete de Almeida, em Rondonópolis, para atender uma ocorrência de roubo.

As duas vítimas, ambas de 26 anos, estavam sentados na capota da caminhonete modelo S-10 cabine simples, na cor preta, em frente a sua residência. Quando dois indivíduos armados se aproximaram a pé, um trajando camiseta vermelha e o seu comparsa com camiseta escura, renderam as vítimas, dando ordem para que adentrassem na residência.

Tempo depois a terceira vítima, de 22 anos, ao chegar em frente da sua residência junto com seu filho (um bebê ainda de colo), percebeu que havia um rapaz que a olhava em cima de uma motocicleta modelo Titan na cor vermelha e que tinha uma outra modelo Honda Biz na cor verde sem ninguém (usada pelos outros dois suspeitos).

Leia também:  Delação de Silval coloca Polícia Federal na casa de delatados

Nesse meio tempo, a vítima relata que foi abordada por esse rapaz junto com um de seus comparsas e levada para dentro de sua residência, chegando lá relatou que viu seu esposo amarrado junto com seu amigo e que vinham sendo mantidos como reféns há aproximadamente quarenta minutos. Com toda situação o filho do casal começou a chorar e um dos comparsas do trio dizia em tom de ameaça à vítima, que se o choro da criança não cessasse, ela (a mãe) sofreria às consequências, porque iriam estourar a sua cabeça com um tiro.

Com o “acesso livre”, o trio revirou todos os cômodos da casa, conseguindo os seguintes pertences: Dois smartphones, sendo um modelo Iphone 6S na cor prata da marca Apple, outro modelo Moto G4 na cor preta da marca Motorola, uma corrente de ouro sem pingente, uma TV de 40 polegadas da marca SEMP TOSHIBA, uma carteira com todos os documentos pessoais, mais uma quantia em dinheiro de aproximadamente R$ 170 reais e um anel de ouro. Os bandidos entraram na caminhonete com todos os objetos mencionados, tomando rumo ignorado.

Leia também:  Ex marido inconformado, invade residência e é baleado pelo atual

As vítimas conseguiram encontrar um dos smartphones (jogado próximo à residência), os documentos, duas carteiras e o veículo nas proximidades do Conjunto Azaleia, mas ainda estão à procura da TV, do anel e de uma corrente.

Essa matéria foi confeccionada de acordo com dados relatados no boletim de ocorrência.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.