Imagem: IMG 20170704 WA0066
Reprodução: PJC

Jeferson Araújo Santos, 23, e Bruno Araújo Santos, 21, foram autuados em flagrante durante a operação “Terceira Via”, deflagrada pela Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (04), por receptação qualificada e posse ilegal de arma de fogo e munições no município de Aripuanã.

Os dois irmãos foram detidos em cumprimento de mandado de busca e apreensão, durante investigação, depois que houve a apreensão de vários produtos provenientes de roubo, além de outras mercadorias sem comprovação fiscal, na loja dos irmãos. A ação contou com apoio da equipe do Sistema Penitenciário Estadual.

O crime aconteceu no dia 17 de maio, nas proximidades da cidade de Juína, quando um caminhão Mercedes Benz, que trafegava transportando produtos do seguimento agrícola e ferragem foi parado pelos suspeitos. O motorista do veículo foi rendido e, em seguida, subtraída toda a carga que era transportada.

Leia também:  Carretas batem de frente, pegam fogo e motoristas ficam ilesos na BR-364

Durante as investigações, os policiais civis descobriram que parte dos produtos roubados poderia estar sendo comercializada no estabelecimento de propriedade dos irmãos.

Diante das suspeitas foi expedido pela Justiça a ordem de busca e apreensão, na loja denominada “Casa do Agricultor”, situada no Distrito de Conselvan, cerca de 80 quilômetros do centro de Aripuanã. No local foram apreendidos correntes e sabres para motosserras, limas, facões, além de um revólver calibre 38 com numeração raspada, oito munições intactas e nove munições deflagradas.

Com o flagrante, Jeferson e Bruno foram levados até a Delegacia de Polícia, interrogados pelo delegado de polícia Alexandre da Silva Nazareth, e encaminhados para Cadeia Pública local à disposição da Justiça.

Leia também:  Mãe é suspeita de matar o filho à pauladas em Primavera do Leste
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.