Uma mulher foi arrastada no metrô de Roma, na Itália, depois que parte de sua bolsa ficou presa na porta do trem. Uma câmera de segurança registrou o momento em que a bielorrussa Natalya Garkovich, 43 anos, tentou entrar no metrô pouco antes do fim do embarque, sem conseguir entrar.

As imagens mostram a mulher caindo de joelhos e se desesperando ao ver que a composição começou a se movimentar e a arrastando junto. Os outros passageiros tentaram alertar o condutor do veículo, sem sucesso. As autoridades italianas abriram uma investigação para apurar o caso.

O incidente, que deixou a mulher em estado grave, gerou uma forte polêmica sobre a segurança do metrô da capital italiana. Testemunhas que haviam embarcado no trem relataram que puxaram as alavancas de emergência, sem que o metrô parasse.

Leia também:  Séries de ataques deixaram dezenas de pessoas mortas no Pasquitão

As imagens capturadas na estação mostram o condutor do trem, Gianluca Tonelli, comendo seu almoço pouco antes de dar a partida na plataforma da estação Termini, a principal estação de Roma. Ele reconheceu o erro, mas alegou que seguiu o protocolo previsto no metrô.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.