Imagem: madeira1
Polícia encontrou mais de 40 peças de aroeira em fazenda no interior de MT (Foto: Divulgação/PM-MT)

A Polícia Militar Ambiental apreendeu, nesta quarta-feira (12), 42 peças de madeira da espécie aroeira, cujo corte é proibido, em um sítio localizado na zona rural de Alto Araguaia. No local, a PM constatou que três hectares de área desmatada na propriedade. O dono do sítio foi encaminhado para a Polícia Civil de Alto Araguaia.

À polícia, o proprietário, que tem 62 anos, afirmou que arrendava a área para o sobrinho da mulher dele, mas disse que sabia que o rapaz iria desmatar parte da área.

Imagem: motosserra
Três motosserras localizadas pela polícia em área desmatada foram apreendidas (Foto: Divulgação/PM-MT)

Na área, a polícia ainda localizou um barraco, onde foram encontradas uma espingarda tipo cartucheira, calibre 28, além de oito cartuchos do mesmo calibre, além de três motosserras – que não possuíam licença para transporte e uso.

Leia também:  Jovens que mataram estudante a tiros dentro de escola vão a júri em Cuiabá

Um homem que estava morando no barraco e trabalhando em uma fazenda vizinha foi detido, apontado como o proprietário da arma e das ferramentas. À polícia, ele disse que a espingarda era de um amigo e que ele apenas a estava guardando.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.