Imagem: Presos cuiaba
Dois foram presos suspeitos de fazer família refém e entrar em tiroteio contra policiais em São Félix do Araguaia (Foto: Polícia Civil de Mato Grosso)

Um funcionário de banco, a mulher dele e uma criança foram feitos reféns por três criminosos, na noite de segunda-feira (31) em uma casa no Centro de São Félix do Araguaia. De acordo com a Polícia Civil, os três assaltantes planejavam assaltar a agência bancária que a vítima trabalha, no entanto, a ação foi interrompida e dois deles acabaram presos.

Segundo os policiais civis, a pedidos dos ladrões, o funcionário rendido entrou em contato com o gerente da agência para que ele fosse até a casa dele, na Rua Luiz Gonzaga de Souza, no Centro. Ele disse que precisava de ajuda levar a mulher grávida para atendimento médico. Por volta das 23h, ao se aproximar da residência do colega, o gerente desconfiou da movimentação em frente da casa e chamou a polícia.

Leia também:  “Ladrão ruim de roda” atola caminhão de carnes e motorista sequestrado recupera carga
Arma e roupas foram apreendidas com os dois suspeitos presos (Foto: Polícia Civil de Mato Grosso)
Arma e roupas foram apreendidas com os dois suspeitos presos (Foto: Polícia Civil de Mato Grosso)

Policiais civis e militares foram ao local e se aproximaram da porta. Os policiais conseguiram puxar a vítima para fora do local, na entrada do imóvel, porém, houve troca de tiros entre as forças de segurança e os três assaltantes.

Depois do tiroteio, os suspeitos fugiram pelos fundos da residência e se esconderam na vizinhança. Reforços policiais foram chamados e dois dos criminosos acabaram detidos. Uma arma, se uso restrito, foi apreendida com a dupla. Eles também carregavam uma bolsa com várias roupas, que supostamente seriam usadas na fuga após o assalto ao banco.

Conforme o Delegado Valmon Pereira, a ação praticada pelo grupo é conhecida como modalidade ‘sapatinho’, quando criminosos rendem um funcionário de um banco e o utilizam para roubarem o dinheiro da agência.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.