Imagem: Celular
FOTO -Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Uma mulher registrou um Boletim de Ocorrência (BO) na madrugada desta quarta-feira (12), depois que seu ex-namorado, identificado como Dorival Araújo, divulgou fotos e vídeos íntimos dela em vários em sites, grupos de aplicativos de troca de mensagens e redes sociais.  O caso aconteceu em Cuiabá.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima foi encontrada na noite de terça-feira (11) no viaduto da Secretaria de Fazenda (Sefaz), chorando muito e ameaçando se jogar da estrutura.

Os policiais conseguiram acalmar a vítima e a levaram para a Central de Flagrantes. No local a mulher explicou que o ex-namorado “soltou” as fotos depois do término do relacionamento deles.

A vítima foi orientada representar contra o suspeito nesta quarta-feira na Polícia Civil. Até o momento ele não foi encontrado pelos policiais.

É CRIME!

Antes de tudo, é importante saber que, a divulgação de imagens íntimas e mesmo o compartilhar delas sem autorização, pode gerar punições na esfera civil (indenização por danos morais) e até penal, dependendo da informação contida nas imagens, por difamação (artigo 139 do Código Penal – atentar contra a honra), injúria (artigo 140 do Código Penal – falar algo em prejuízo de uma pessoa, mas que não seja publicamente).

O crime de difamação pode ser penalizado com 3 meses a 1 ano de detenção e multa, além da indenização civil e o crime de injúria pode ser penalizado com pena de reclusão de 1 a 3 anos e multa, além da indenização civil.

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.